domingo, 20 de setembro de 2009

Sulamericano de veteranos



















































































































Campeonato Sul - americano de Veteranos – Porto Alegre – RS – BRASIL

Realizado nos dias 18 e 19 no ginásio do Grêmio Náutico Gaúcho nas modalidades KATA e SHIAI. Com pouca participação de “estrangeiros”, apenas alguns uruguaios e argentinos, os brasileiros dominaram a festa. Foram mais de 300 participantes da classe M1 a M8 (+30 anos) no masculino e feminino. Presença VIP de João Derly, Bi-campeão mundial, Walter Santos, Campeão Pan-americano absoluto e Guilherme Luna, campeão da copa do mundo de BH 2009.

Antonio Viana, presidente da Federação Amapaense de Judô participou na categoria M3(40 a 44 anos) peso Leve (-73kg) e conquistou a prata, o título ficou com o paulista Rodrigo Mota de SP e os terceiros lugares com 02 atletas do RS.

Na competição por equipe conquistou outra prata integrando a equipe do Paraná – PR. O título ficou com SP-A e os terceiros lugares com SP – B e RJ.

Calouro neste tipo de evento que reúne a maioria dos estados brasileiros o resultado foi excelente afirma Antonio Viana:

“O primeiro obstáculo foi a falta de apoio para vir a Porto Alegre, tive que comprar minhas passagens com meu salário, vários atletas desta categoria com chances de medalhas ficaram de fora, vim sozinho, atravessei o país para participar desta competição, algumas lesões atrapalharam meus treinamentos, mas consegui ter uma excelente participação”

“Agora tenho que motivar nossos atletas de todas as faixas etárias em nosso Estado, vi aqui que a competição é acirrada (tive o nariz quebrado na última luta com um carioca) e bastante forte, o nível é alto, mas com bastante treino poderemos conquistar o ouro”

Agradecimentos:

“Agradeço primeiramente minha mãe que quando comecei no judô fazia meus “judoguis” por não ter condições de comprar um, minhas filhas que por causa dos treinos acabo ficando pouco tempo com elas, meus alunos da AIFA, Gonçalves Dias e do Fazendinha, que acreditaram em mim e me ajudaram nos treinos, ao vereador Jaime Perez que ajudou na minha hospedagem e a todos os desportistas do Amapá que acreditam no potencial do Judô Amapaense”.

Histórico:

Sem chances de competir fora do Estado na época de “competidor” mesmo (participou apenas de um norte/nordeste em 1987 realizado em Belém-PA conquistando o bronze) Antonio Viana tem trabalhado para que as outras gerações tenham oportunidades melhores.

“Naquela época viajar de avião era pra rico, pra sairmos do Amapá somente de navio, que passava até 36 horas pra chegar a Belém e de lá seguir de ônibus”

Hoje o Estado possui atletas participando de eventos por todo o Brasil e conquistando títulos importantes.

“Temos atletas de Santana que antes de praticarem Judô não conheciam a capital Macapá e hoje já conhecem grande parte do País e até o exterior, são campeões brasileiros, regionais e sul - americano. O atleta Sávio Santos está classificado para o Pan - americano SUB 13 que será realizado no Uruguai em novembro”

“As dificuldades encontradas pelo esporte em geral no Amapá são muitas, a falta de investimento amplo por parte dos governos é total. Mas acreditamos que com o esforço dos dirigentes, o trabalho árduo dos técnicos, a dedicação dos atletas e a credibilidade e confiança dos pais essas dificuldades serão superadas”.

Currículo:

Praticante de Judô desde 1984, iniciou na Kodokan no município de Santana com o sensei Eliezer Cardoso do Pará até 1986, com a ida do sensei para Belém, treinou com Manoel Enéias, Luiz Gonzaga e em seguida com André Santiago em Macapá até 1987. Ficou afastado do Judô de 88 a 92 quando trabalhou na Jarí Celulose, onde reiniciou na Associação de Judô do Pará – Asjupa que funcionava no Clube Arejar sob a orientação do sensei Juvenal Ferreira. Graduou-se faixa preta em 1994 em Macapá. Retornou ao Estado em 1995 após ser aprovado em concurso público para o Governo (Polícia Civil). Em 1998 começou a dar aulas na academia Judô Clube Garra em Santana, fundada por Gerson Lima, depois no Independente Esporte Clube e Clube de Judô Makoto. Atualmente ministra aulas na Academia Integrada de Formação e Aperfeiçoamento – AIFA nos projetos sociais “Avança Judô” e “Esporte e Segurança”, na Escola Gonçalves Dias e no Fazendinha Esporte Clube.

Desde 1998 comanda seleções amapaenses em diversos eventos nacionais, arbitrou em várias oportunidades pelo Brasil e no Equador em 2008. Participou de inúmeros congressos, clínicas e cursos na área do esporte, preside a Federação Amapaense de Judô desde 2005 e está no segundo mandado que se encerrará em 2012.

Faixa Preta 4º Dan da CBJ

Árbitro Internacional – FIJ C – Sul - americano

Agente de Polícia Civil

Acadêmico de Educação Física 5º termo, Registrado no Conselho Federal de Educação Física.

Colaboração: Kleber Fragoso, Atleta do DF, Fotógrafo e Jornalista

Treino dos veteranos no GN Gaúcho


Porto Alegre já está recebendo os judocas que participarão do I Sulamericano de Veteranos, que terá início amanhã, 18/9, com a disputa dos Katas. O professor Cid Rodrigues Jr. abriu as portas de seu dojô para receber os atletas que vieram de todos os cantos do Brasil.
Para o sensei Cid é uma satisfação que um evento desta magnitude seja realizado em seu clube. “Receber aqui no Grêmio Náutico Gaúcho judocas do Paraná, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Amapá entre outros é muito gratificante”, analisa.
Também estiveram presentes realizando as preparações para este evento o presidente da FGJ, Carlos Eurico Pereira, o vice-presidente da FGJ, Juarez Weinmann e também o diretor do judô do interior da FGJ, Marco Antônio Pretto.
Cid avisa aos interessados que amanhã, 18/9, às 20 horas, haverá treino.

http://www.portaldojudo.com/